sábado, 4 de julho de 2015

Catarse!!!



Deixa- me repousar no teu peito...
Até que a torrente de mágoa,
composta de Sal e Água
Deixe de surtir efeito!

Deixa-me encostar sem porquês!!
Libertar em ti meus demónios...
Dar descanso aos neurónios.
E onde não seja peão de xadrez

Deixa que meu pobre coração,
Seja afagado pela tua vontade!
à qual prometeu Amor e Lealdade
E que cumpre sem hesitação...

E no final... Deixa me saciar em ti.
A Catarse de tudo o que senti!!!

SM

Sem comentários:

Enviar um comentário